February 3, 2019

Please reload

Posts Recentes

OS DESAFIOS DO MERCADO DE TRABALHO PARA O RECÉM-FORMADO DE ENFERMAGEM

May 20, 2018

1/2
Please reload

Posts Em Destaque

VOCÊ CONHECE O COBRE ANTIMICROBIANO UTILIZADO EM AMBIENTES HOSPITALARES?

December 13, 2019

Você já ouviu falar sobre o uso do cobre como um mecanismo de proteção ambiental para diminuir a proliferação de microrganismos no ambiente hospitalar?

 

Pois é, essa é uma ação que alguns hospitais do Chile e da Europa estão incorporando em suas instalações o que estão chamando de “cobre antimicrobiano” denominado com a sigla CAm.

 

O CAm é apresentado como uma película adesiva, onde o cobre se encontra do lado oposto à sua exposição, que pode ser aplicado em superfícies, como por exemplo, mesas auxiliares de procedimentos, maçanetas, suporte de soro, cama hospitalares, entre outros. Alguns estudos publicados (relacionados abaixo) nos mostram que o cobre antimicrobiano apresenta propriedades que inibem o crescimento bacteriano em superfícies, auxiliando assim, na prevenção de infecção hospitalar.

 

Você já pensou na possibilidade de aplicar esse tipo de adesivo em algum de nossos instrumentos de trabalho, como por exemplo, o estetoscópio, termômetro, caneta ou até mesmo em seu celular?

 

Atualmente, muito se discute sobre a segurança do paciente e essa ação, junto com a lavagem das mãos, poderá ajudar muitas instituições a atingir a Meta 5 das 6 Metas Internacionais de Segurança do Paciente estabelecidas pela Organização Mundial da saúde e preconizadas pela Joint Commission International. Por isso, torna-se necessário que os profissionais da área da saúde, inclusive o enfermeiro tenha conhecimento sobre mais essa arma contra os microrganismos.

 

Então, vejamos algumas informações importantes:

 

a) Em superfícies secas nos quais são tocadas frequentemente por pacientes e profissionais de saúde nos ambientes hospitalares, tais como suporte de camas, maçanetas e torneiras, podem ser fabricadas em cobre antimicrobiano. Algumas áreas podem ser aplicadas um adesivo de cobre. Essa ação pode contribuir para matar alguns tipos de bactérias após 2 horas de exposição.

 

b) Mesmo com o passar do tempo, o cobre não perde sua propriedade antibacteriana, pois é uma propriedade intrínseca, atuando de forma continua para a redução de infecções hospitalares e, consequentemente, nos custos hospitalares.

 

c) O cobre não perde sua capacidade antimicrobiana, mesmo ficando mais escuro com o tempo. É importante salientar que a superfície deve ser limpa como qualquer outra superfície hospitalar.

 

Ressalta-se que essa é uma ação complementar, ou seja, não substitui as práticas para a segurança do paciente, como a lavagem das mãos e a limpeza e desinfecção de superfícies. Dessa forma, o cobre antimicrobiano é considerado como um aliado no controle de infecções.

 

Referências

1. Benhalima L, Amri S, Bensouilah M, Ouzrout R. Antibacterial effect of copper sulfate against multi-drug resistant nosocomial pathogens isolated from clinical samples. Pak J Med Sci. 2019; 35(5):1322-1328. doi: https://doi.org/10.12669/pjms.35.5.336

 

2. Vincent M. Hartemann P. Engels-Deutsh. Contact killing and antimicrobial properties of copper. Journal of Applied Microbiology. 2017; (124): 1032-46. https://sfamjournals.onlinelibrary.wiley.com/doi/full/10.1111/jam.13681

 

3. Vincent M. Hartemann P. Engels-Deutsh. Antimicrobial applications of copper. International Journal of Hygiene and Environmental Health. 2016; 219(7): 585–591. http://dx.doi.org/10.1016/j.ijheh.2016.06.003.

 

4. International Copper Association. Cobre antimicrobiano: um aliado na luta contra infecções. Disponível em: https://www.procobre.org/pt/noticias/cobre-antimicrobiano-um-aliado-na-luta-contra-infeccoes/

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga
Please reload

Procurar por tags
Please reload

Arquivo
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square